Entreguista, Bolsonaro anuncia a demissão de General presidente dos Correios por se declarar contra a privatização da estatal


O próximo militar a ser demitido pelo presidente Bolsonaro deve ser o presidente dos Correios, Generai Juarez Cunha.

A causa da demissão seria declarações do militar, contrária à privatização dos Correios, durante audiência pública na Câmara dos Deputados.

Onde nós, verdadeiros patriotas, vemos nacionalismo, o entreguismo bolsonarista enxerga "sindicalismo".

Bolsonaro acusou o General de agir como se fosse um sindicalista ao se declarar contrário à privatização.

A fala de Bolsonaro ocorrej durante um café da manhã com jornalistas, nesta sexta-feira (14), ao comentar a saída do general Santos Cruz da secretaria de Governo.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: Comandada pelo presidente do PSB de Pernambuco, Sileno Guedes, Secretaria alvo de busca e apreensão da Operação Inópia, do DRACO, da CGU, da PF e do GAECO adquiriu 200 mil cestas básicas a empresa de medicamentos