Falha de segurança permitiu uso de avião presidencial para transporte de 39 quilos de cocaína até a Espanha



Repercute internacionalmente a apreensão de 39 quilos de cocaína que teriam sido transportados por um segundo sargento dentro de um dos aviões da Comitiva presidencial que aconpanha o presidente Jair Bolsonaro ao Japão. 

Por causa da apreensão, feita pela Polícia espanhola, na cidade de Sevilha, Bolsonaro, que faria escala naquele cidade desviou sua rota para Portugal.

De acordo com a assessoria de Bolsonaro, o uso de uma das aeronaves presidenciais para o tráfico internacional de drogas teria ocorrido em razão de uma falha de segurança que permitiu ao sargento embarcar sem passar pelo Raio X.

Então tá.

MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

STF afasta Conselheiro do TCM-BA por propina de R$ 25 milhões exigida quando era ministro das Cidades

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"

Auditoria do TCE/PE constatou fraude fiscal, sonegação fiscal, superfaturamento, não prestação dos serviços em contrato de mais de R$ 16,7 milhões da ALEPE. Com a palavra o MPPE, o MPF, a Receita Federal e a Polícia Federal