Operação Impunitas: BNB foi usado para concessão de empréstimos fraudulentos beneficiaram empresas sem capacidade econômica.



Iniciada em maio de 2019, a Operação Impunitas, da Polícia Federal em Pernambuco, cumpre 4 mandados de busca e apreensão, senso 02 (dois) em Caruaru e 02 (dois) em Olinda e investiga 6 pessoas por gestão fraudulenta em instituição financeira no Banco do Nordeste, por meio de concessão de empréstimos fraudulentos na aprovação de crédito para empresas sem capacidade.

Também foram pedidos sequestros de bens e retenção dos passaportes dos envolvidos. Os crimes que estão sendo investigados são Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira, Lavagem de Dinheiro e Associação Criminosa.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Polícia Federal em Pernambuco 

MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

STF afasta Conselheiro do TCM-BA por propina de R$ 25 milhões exigida quando era ministro das Cidades

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"

Auditoria do TCE/PE constatou fraude fiscal, sonegação fiscal, superfaturamento, não prestação dos serviços em contrato de mais de R$ 16,7 milhões da ALEPE. Com a palavra o MPPE, o MPF, a Receita Federal e a Polícia Federal