Operação Impunitas: BNB foi usado para concessão de empréstimos fraudulentos beneficiaram empresas sem capacidade econômica.



Iniciada em maio de 2019, a Operação Impunitas, da Polícia Federal em Pernambuco, cumpre 4 mandados de busca e apreensão, senso 02 (dois) em Caruaru e 02 (dois) em Olinda e investiga 6 pessoas por gestão fraudulenta em instituição financeira no Banco do Nordeste, por meio de concessão de empréstimos fraudulentos na aprovação de crédito para empresas sem capacidade.

Também foram pedidos sequestros de bens e retenção dos passaportes dos envolvidos. Os crimes que estão sendo investigados são Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira, Lavagem de Dinheiro e Associação Criminosa.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Polícia Federal em Pernambuco 

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos