Sem crise: Depois de aumentar gastos com comissionados, Alepe também aumenta valor do contrato com terceirizados para R$ 8,5 milhões


Poucos dias após aprovarem o aumento dos gadtos com cargos comissionados para seus gabinetes, deputados estaduais de Pernambuco reajustam em mais de R$ 550 mil um contrato assinado no ano passado com a empresa Premius Serviços para fornecimento de mão de obra terceirizada. O contrato que já era absurdamente alto, passou a custar R$ 8.425.895,40 aos cofres públicos. Segundo nossas fontes alepeadas, os deputados ainda serão agraciados com 50 veículos de luxo da Toyrota. Cada um receberá uma Hylux para flanar por aí.

MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

STF afasta Conselheiro do TCM-BA por propina de R$ 25 milhões exigida quando era ministro das Cidades

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"

Auditoria do TCE/PE constatou fraude fiscal, sonegação fiscal, superfaturamento, não prestação dos serviços em contrato de mais de R$ 16,7 milhões da ALEPE. Com a palavra o MPPE, o MPF, a Receita Federal e a Polícia Federal