Vaza Jato: "Segredos explosivos" e "documentos sobre muitas facções criminosas" ainda serão publicados, diz editor do Intercept

10 de jun. de 2019

/ by Blog da Noelia Brito


“A liberdade de imprensa existe para jogar luz sobre aquilo que as figuras mais poderosas de nossa sociedade fazem às sombras.” The Intercept Brasil. 

Editor do site Intercept Brasil, o jornalista americano Glenn Greenwald, afirmou, hoje, pelo Twitter, que o arquivo de onde foram extraídas as trocas de mensagens entre o ex-juiz Sergio Moro e o procurador coordenador da Lava Jato, Deltran Dallagnol, que confirmaram atuação parcial de Moro e manipulação deste e de Dallagnol para produzir condenações sem provas, fornecido por uma fonte anônima ao Intercept, "é um dos maiores da história do jornalismo."

Segundo Greenwald, ele  "contém segredos explosivos em chats, áudios, vídeos, fotos e documentos sobre @deltanmd, @SF_Moro e muitas facções poderosas. "

O jornalista avisa, ainda, que as "reportagens acabaram de começar."


© Todos os direitos reservados - 2021