Crusoé: suposto atentado contra marqueteiro, no Recife, estaria associado a disputa financeira com ex-sócios


Registro fotográfico da vidraça atingida pelo disparo

A edição de hoje da Revista Crusoé revela que "O cientista politico Antonio Lavareda, que trabalhou para Fernando Henrique Cardoso e Michel Temer, foi à polícia para registrar um suposto atentado à sede de seu instituto de pesquisas, o Ipespe, em Recife."

Segundo a Revista, "Ao registrar o boletim de ocorrência, ele relacionou o episódio a uma guerra jurídica milionária que trava com seus ex-sócios em um banco de pequeno porte. Lavareda não estava no escritório  no instante em que um tiro foi disparado contra uma das janelas, no início de maio. Ninguém ficou ferido. A policia inveatiga."




MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Sem saber que estava sendo gravado, marido e assessor de vereadora relata fraudes em licitações envolvendo deputado federal e esquemas com emendas parlamentares. Até manipulação do MPPE para obter vantagens ele confessa

Cunhado de Paulo Câmara ganha cargo comissionado na Presidência do TRT6. Funcionários veem favorecimento

Incômodo de políticos influentes com investigações estariam por trás de perseguições a Delegada Patrícia Domingos, suspeita presidente da ADEPPE