Harpalo II: Toffoli indefere pedido de reconsideração e empresários alvo da Operação que colocou prefeito de Camaragibe na cadeia também seguem presos


O presidente do Supremo Tribunal Federal, miniatro Dias Toffoli, não se sensibilizou com o pedido de reconsideração articulado pela defesa dos empresários presos juntamente com o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira, na Operacao Harpalo para que o Habeas Corpus que prerendia liberá-los da prisão fosse apreciado pelo presidente, no Plantão Judicial

O presidente entendeu que não havia urgência e que o caso seria melhor analisado pelo relator, ministro Fux.

A defesa ainda tentou argumentar que o caso seria idêntico ao do prefeito do Cabo, Lula Cabral, que foi solto dutante o Plantão por Toffoli, no final do ano passado, mas o argumento não convenceu.

As defesas dos alvos da Operação Harpalo têm sofrido várias derrotas no Tribunais Superiores. Além do indeferimento de liminares para soltar os investigados, um pedido de sigilo pretendido pela defesa de Demóstenes Meira foi indeferido no STF.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Sem saber que estava sendo gravado, marido e assessor de vereadora relata fraudes em licitações envolvendo deputado federal e esquemas com emendas parlamentares. Até manipulação do MPPE para obter vantagens ele confessa

Cunhado de Paulo Câmara ganha cargo comissionado na Presidência do TRT6. Funcionários veem favorecimento

Incômodo de políticos influentes com investigações estariam por trás de perseguições a Delegada Patrícia Domingos, suspeita presidente da ADEPPE