Harpalo II: Toffoli indefere pedido de reconsideração e empresários alvo da Operação que colocou prefeito de Camaragibe na cadeia também seguem presos


O presidente do Supremo Tribunal Federal, miniatro Dias Toffoli, não se sensibilizou com o pedido de reconsideração articulado pela defesa dos empresários presos juntamente com o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira, na Operacao Harpalo para que o Habeas Corpus que prerendia liberá-los da prisão fosse apreciado pelo presidente, no Plantão Judicial

O presidente entendeu que não havia urgência e que o caso seria melhor analisado pelo relator, ministro Fux.

A defesa ainda tentou argumentar que o caso seria idêntico ao do prefeito do Cabo, Lula Cabral, que foi solto dutante o Plantão por Toffoli, no final do ano passado, mas o argumento não convenceu.

As defesas dos alvos da Operação Harpalo têm sofrido várias derrotas no Tribunais Superiores. Além do indeferimento de liminares para soltar os investigados, um pedido de sigilo pretendido pela defesa de Demóstenes Meira foi indeferido no STF.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia