Harpalo II: Toffoli indefere pedido de reconsideração e empresários alvo da Operação que colocou prefeito de Camaragibe na cadeia também seguem presos


O presidente do Supremo Tribunal Federal, miniatro Dias Toffoli, não se sensibilizou com o pedido de reconsideração articulado pela defesa dos empresários presos juntamente com o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira, na Operacao Harpalo para que o Habeas Corpus que prerendia liberá-los da prisão fosse apreciado pelo presidente, no Plantão Judicial

O presidente entendeu que não havia urgência e que o caso seria melhor analisado pelo relator, ministro Fux.

A defesa ainda tentou argumentar que o caso seria idêntico ao do prefeito do Cabo, Lula Cabral, que foi solto dutante o Plantão por Toffoli, no final do ano passado, mas o argumento não convenceu.

As defesas dos alvos da Operação Harpalo têm sofrido várias derrotas no Tribunais Superiores. Além do indeferimento de liminares para soltar os investigados, um pedido de sigilo pretendido pela defesa de Demóstenes Meira foi indeferido no STF.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos