PF, PRF e Receita Federal deflagram Operação Joia do Oceano de combate a lavagem de dinheiro do tráfico internacional por meio de Portos




Arte: Secom/PGR

Foi deflagrada nesta terça-feira (2) a Operação Joias da Oceano, que visa apurar esquemas de lavagem de dinheiro mantidos por organização criminosa que traficava cocaína para o exterior por meio do complexo portuário de Itajaí/Navegantes, em Santa Catarina.

A deflagração é um desdobramento da Operação Oceano Branco e resulta da continuidade das apurações por parte do Ministério Público Federal (MPF), do Departamento de Polícia Federal (DPF) e da Receita Federal (RF). Além disso, decorre do deferimento de medidas cautelares pelo Juízo da 1ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Itajaí.

A operação cumpre 33 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, nas cidades de Balneário Camboriú, Joinville, Araquari e São Francisco do Sul. O objetivo é reunir elementos probatórios complementares, bem como, no caso da prisão, fazer cessar atos de branqueamento de capitais atualmente em curso.

A deflagração visa ainda o sequestro de bens móveis e imóveis, que totalizam cerca de R$ 75 milhões.
Com informações da Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal em SC

MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Sem saber que estava sendo gravado, marido e assessor de vereadora relata fraudes em licitações envolvendo deputado federal e esquemas com emendas parlamentares. Até manipulação do MPPE para obter vantagens ele confessa

Cunhado de Paulo Câmara ganha cargo comissionado na Presidência do TRT6. Funcionários veem favorecimento

Incômodo de políticos influentes com investigações estariam por trás de perseguições a Delegada Patrícia Domingos, suspeita presidente da ADEPPE