Bolsonaro frita Moro em óleo fervente e aliados do ministro já o aconselham a deixar o governo


Bela Megale  do Globo, conta que aliados do ministro da Justiça, Sergio  Moro, têm sugerido a ele que deixe o cargo. Tudo porque veem nas recentes declarações do presidente Jair Bolsonaro, uma clara fritura do ex-juiz, líder da Lava jato.

A colunista, no entanto, aponta que, pelo menos por hora, Moro não dá sinais de que seguirá os conselhos desses aliados.

Segundo Megale, no Ministério da Justiça, a ordem do chefe é olhar para frente e tocar os projetos. Para ser ministro, Moro abriu mão de 22 anos de magistratura.

O presidente da República, que antes reclamava de Moro só reservadamente, diz Megale, hoje faz críticas abertas para boa parte de seus interlocutores. Megale já havia noticiado que Bolsonaro se queixou, nos últimos dias, da postura do ministro no episódio sobre a substituição do superintendente da PF no Rio, Ricardo Saadi. O presidente voltou a dizer que Moro é ingrato.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Cunhado de Paulo Câmara ganha cargo comissionado na Presidência do TRT6. Funcionários veem favorecimento

Veja: Bolsonaro indica para o CADE advogada acusada de vender decisões do STJ para a JBS. A advogada é filha de uma desembargadora federal bolsonarista

Conselheiro do TCE/RJ, ligado ao MDB, é o mandante do assassinato de Marielle, revela inquérito da Policia Federal. O motivo seria vingança contra Freixo por perda do foro privilegiado