Corregedora da SDS terá que esclarecer inquérito contra Patrícia Domingos a deputados federais da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado

Delegada Patrícia Domingos durante coletiva na sede da Adeppe, ao lado do presidente e do advogado da entidade

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados aprovou, durante reunião nesta terça-feira (13), o REQUERIMENTO Nº 104/2019, do deputado Fernando Rodolfo - para que "seja convidada a Sra. Carla Patrícia Cintra Barros da Cunha, Corregedora Geral da Secretaria de Defesa Social do Governo de Pernambuco - SDS, para prestar esclarecimentos sobre o relatório de análise do controle de acervo das investigações da extinta Delegacia de Polícia de Crimes Contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp)".    


Durante a discussão do Requerimento, parlamentares integrantes da Comissão estranharam que a Corregedoria da SDS tenha instaurado procedimento disciplinar contra a delegada Patrícia Domingos, na tentativa de responsabilizá-la por prescrições de inquéritos instaurados na década de 80, quando a delegada sequer havia nascido. Assistam o video acima.

ENTENDA O CASO


MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Sem saber que estava sendo gravado, marido e assessor de vereadora relata fraudes em licitações envolvendo deputado federal e esquemas com emendas parlamentares. Até manipulação do MPPE para obter vantagens ele confessa

Cunhado de Paulo Câmara ganha cargo comissionado na Presidência do TRT6. Funcionários veem favorecimento

Incômodo de políticos influentes com investigações estariam por trás de perseguições a Delegada Patrícia Domingos, suspeita presidente da ADEPPE