Em nota, Prefeita de Lagoa do Carro afirma que valor das diárias era previsto em lei anterior e que nova lei atende recomendação do TCE/PE




A Prefeitura de Lagoa do Carro, neste ato representada por sua Prefeita, Judite Botafogo, vem, através da presente nota, esclarecer ao Público em geral que: Fomos surpreendidos com a publicação em blog quanto a Portaria de nº 019/2019 de emissão do Promotor de Justiça, Dr. Guilherme Graciliano da 2ª Promotoria de Justiça de Carpina, no tocante ao projeto de lei nº 017/2019 deste Executivo Municipal que, em VERDADE, atendendo orientação do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco/TCE-PE, o Executivo enviou a Câmara, o projeto de Lei acima sobredito para tão somente regrar a Lei criada deste 2005 sob o nº 262/2005, onde naquela já se estipulava o percentual de 10%(dez por cento) dos vencimentos do Prefeito e Vice para diárias. Diga-se, Lei aquela, jamais atacada pelo MPPE/Carpina e aplicável até a data de hoje. Ao contrário, como observado pelo TCE/PE e com total aceite desta gestão que preza pela licitude em seus atos, sem buscar qualquer ganho político como nos parece ocorrer neste fato narrado no blog, o novo projeto que extingue a Lei anterior, normatiza o que estabelecia na Lei anterior, eis que na mesma não havia critérios nem necessidade de comprovação na utilização de diárias pelos servidores do Município. Vale ressaltar que o valor em percentual de 10% (dez por cento) estabelecido na Lei existente é igual ao valor expresso em real do atual projeto, ou seja, a atual gestão, em nada modificou os valores, tão somente como já sobredito, estabeleceu critérios de FISCALIZAÇÃO. Inclusive determinando quando a diária é integral ou parcial. Para comprovação do acima sobredito, anexamos a Lei hoje existente de nº 265/2005, bem como resposta ao MPPE do Município já esclarecendo que tão somente está tentando estabelecer regramentos para que o erário público seja utilizado com transparência. Lagoa do Carro, 14.08.2019. Judite Maria Botafogo Santana da Silva







MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Sem saber que estava sendo gravado, marido e assessor de vereadora relata fraudes em licitações envolvendo deputado federal e esquemas com emendas parlamentares. Até manipulação do MPPE para obter vantagens ele confessa

Incômodo de políticos influentes com investigações estariam por trás de perseguições a Delegada Patrícia Domingos, suspeita presidente da ADEPPE

Exclusivo: Relatório do MPPE comprova que SDS tenta responsabilizar delegada Patrícia por prescrições ocorridas no século passado, antes da policial ingressar na própria Policia Civil. Quem estão querendo acobertar?