EXCLUSIVO: Vazamento na Refinaria Abreu e Lima teria atingido área de mangue na Ilha das Mercês, em Suape. CPRH já está no local avaliando a extensão dos danos. Vejam vídeos e imagens!


Populares flagraram um vazamento de óleo identificada como área de mangue onde se situa a Comunidade Quilombola Ilha de Mercês.




De acordo com nossas fontes, o vazamento teve início por  volta das 16 horas de ontem, 26, e em determinadas áreas o óleo já teria atingido mais de um palmo de altura.

As imagens enviadas ao Blog mostram caminhões parados no local com mangueiras na tentativa de conter o vazamento e a contaminação do Mangue.




Em contato com o Complexo Portuário de Suape, o Blog obteve a confirmação de que o vazamento estaria ocorrendo na Refinaria Abreu e Lima e que a extensão estaria sendo avaliada pela CPRH que já está no local. A chegada do vazamento a áreas da Comunidade Quilombola Ilha das Mercês,  no entanto, não foi confirmada pela Administração do Porto, que destacou o fato de que a Refinaria estaria situada fora do Porto Organizado de Suape.

Em contato com a Assessoria da Petrobrás, em Abreu e Lima, a empresa afirmou que somente se pronuncia por meio dr Nota oficial a ser divulgada ainda hoje. 

Leiam a Nota emitida pela Administração do Porto de Suape sobre o Vazamento:



Vídeos feitos por populares e enviados ao Blog mostram o vazamento e as áreas atingidas.



MAIS VISITADAS DO MÊS

Microempresas com capital social de R$ 200 mil e R$ 300 mil, alvos da Operação da Deccot, que cumpriu mandados também na Prefeitura do Recife, foram agraciadas com contratos de mais de R$ 18,6 milhões com a Prefeitura do Recife, na pandemia

Durante julgamentos de interesse da gestão Geraldo Julio, um dos quais envolvendo a Casa de Farinha, Conselheiros do TCE/PE perdem a calma, gritam e interrompem Procuradora que combate a corrupção no Governo de Pernambuco e na Prefeitura do Recife

Exclusivo: TJPE determina afastamento do Prefeito de Paulista, Junior Matuto, a pedido do Dracco, por desvios de R$ 21 milhões em PPP do lixo com a empresa Locar

"Grampos" da Operação Locador, do DRACCO, mostram temor de investigados de que chefões da gestão Matuto lhes fizessem "mal" e espanto com pagamentos em dinheiro vivo feitos pelo prefeito na compra de terrenos

É tetra! Prefeitura do Recife recebe a quarta "visita" da Polícia por fraudes na pandemia, desta vez foi a DECOT. A prefeitura nega envolvimento