Inadequação das instalações levou Vigilância Sanitária do Recife a multar Casa de Farinha. MPF livrou a cara da empresa mesmo reconhecendo que denúncia dos alunos da UFPE era procedente




Uma decisão publicada no Diário Oficial do Município do Recife revelou que a empresa Casa de Farinha, responsável pelo fornecimento de alimentos para escolas da Rede Estadual, e dos Municípios do Recife, Cabo, Ipojuca e Moreno, bem como do Hospital dos Servidores do Estado foi multada pela Vigilância Sanitária da Capital ppr descumprir norma sanitaria que determina que "As instalações físicas como piso, parede e teto devem possuir revestimento liso, impermeável e lavável. Devem ser mantidos íntegros, conservados, livres de rachaduras, trincas, goteiras, vazamentos, infiltrações, bolores, descascamentos, dentre outros e não devem transmitir contaminantes aos alimentos."

Apesar do valor ínfimo da multa, de apenas 1.200 reais, a penalidade, que foi confirmada pelo Conselho de Recursos Administrativos da PCR, comprova que a enpresa alv9 de divrrsas operações policiais por superfaturamento e fornecimebto de alimentos estragados, de fato, não reunia condições para ser agraciada com mais de cem milhões em contratos por entes públicos.

Denúncia recente protocolada junto ao MPF sobre o descumprimento contratual pela Casa de Farinha com a Universidade Federal de Pernambuco foi arquivada por um Procurador que apesar de reconhecer que a análise dos alimentos demonstrava má qualidade, não viu irregularidades. Então, tá...

MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Cunhado de Paulo Câmara ganha cargo comissionado na Presidência do TRT6. Funcionários veem favorecimento

Veja: Bolsonaro indica para o CADE advogada acusada de vender decisões do STJ para a JBS. A advogada é filha de uma desembargadora federal bolsonarista

Conselheiro do TCE/RJ, ligado ao MDB, é o mandante do assassinato de Marielle, revela inquérito da Policia Federal. O motivo seria vingança contra Freixo por perda do foro privilegiado