MPPE vai investigar denúncia de funcionária "fantasma" no gabinete da filha de Lula Cabral

Fabíola Cabral em caminhada ao lado do governador Paulo Câmara, da primeira dama, do pai, Lula Cabral e do senador Humberto Costa, durante a campanha eleitoral, no ano passado.


A promotora de Justiça Áurea Rosane Vieira, da 43. Promotoria de Justiça da Capital deteminou a instauração de um inquérito civil público para investigar denúncia anônima encaminhada à Ouvidoria do Ministério Público de Pernambuco dando conta da existência de funcionária fantasma no gabinete da deputada estadual Fabíola Cabral, filha do Prefeito afastado do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral. 

De acordo com a denúncia, a funcionária apontada como fantasma, que será ouvida pelo MPPE, seria esposa de um vereador de São Lourenço da Mata.

Leiam a Portaria na íntegra, publicada no Diário Eletrônico do MPPE de hoje:



MAIS VISITADAS DO MÊS

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Radar: João Campos recebe mais de R$ 5,2 milhões do Fundo Eleitoral do PSB e é recordista nacional de doações

Pesquisa: Marília Arraes e Delegada Patrícia despontam empatadas na liderança da disputa para a PCR e podem protagonizar disputa inédita no Recife