MPPE vai investigar denúncia de funcionária "fantasma" no gabinete da filha de Lula Cabral

Fabíola Cabral em caminhada ao lado do governador Paulo Câmara, da primeira dama, do pai, Lula Cabral e do senador Humberto Costa, durante a campanha eleitoral, no ano passado.


A promotora de Justiça Áurea Rosane Vieira, da 43. Promotoria de Justiça da Capital deteminou a instauração de um inquérito civil público para investigar denúncia anônima encaminhada à Ouvidoria do Ministério Público de Pernambuco dando conta da existência de funcionária fantasma no gabinete da deputada estadual Fabíola Cabral, filha do Prefeito afastado do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral. 

De acordo com a denúncia, a funcionária apontada como fantasma, que será ouvida pelo MPPE, seria esposa de um vereador de São Lourenço da Mata.

Leiam a Portaria na íntegra, publicada no Diário Eletrônico do MPPE de hoje:



MAIS VISITADAS DO MÊS

SDS transfere delegado de Arcoverde que prendeu filho da presidente da Câmara por série de homicídios e população se revolta. Vereadora é do Partido do Governador

Corruptocracia Pernambucana: Prefeito com tornozeleira é recebido com festa ao retornar ao cargo depois de desviar quase cem milhões da Previdência. Veja o vídeo

PF deflagra Operação contra empréstmos fraudulentos de R$ 8,5 milhões no BNB em Pernambuco. Empresário e bancário estão foragidos da Justiça

"Lá no apartamento de Fernandinho...ali eu tenho acesso, toda hora, todo instante". Leia trechos da degravação da conversa entre agiota do jatinho e operador dos Bezerra Coelho revelada em primeira mão pelo Blog

STJ MANDA INQUÉRITO CONTRA PAULO CÂMARA E GERALDO JULIO, POR SUPOSTOS CRIMES NA LICITAÇÃO DA ARENA PERNAMBUCO, PARA VARA DOS CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NO RECIFE