Nova Zona Azul Digital do Recife é investigada pelo MPPE por sonegar emissão de nota fiscal



A nova Zona Azul da Prefeitura do Recife, chamada de Zona Azul Digital por vender os cartões de estacionamento por meio de um aplicativo para celulares, mediante pagamento por cartões de crédito e de débito, já é alvo de pelo menos um inquérito instaurado pela 17. Promotoria de Justiça da Capital.

De acordo com a Portaria assinada pela promotora de Justiça Rosa Maria de Andrade, uma denúncia anônima encaminhada à Ouvidoria do MPPE revela que ao pagamento para uso das vagas de Zona Azul na Capital pernambucana não está correspondendo a obrigatória emissão de notas fiscais.

O serviço foi terceirizado pela Prefeitura do Recife à empresa Serttel Ltda., que possui 190 milhões de reais em contratos com as Prefeituras do Recife, Caruaru e Petrolina e com o Detran/PE.




MAIS VISITADAS DO MÊS

Durante julgamentos de interesse da gestão Geraldo Julio, um dos quais envolvendo a Casa de Farinha, Conselheiros do TCE/PE perdem a calma, gritam e interrompem Procuradora que combate a corrupção no Governo de Pernambuco e na Prefeitura do Recife

Exclusivo: TJPE determina afastamento do Prefeito de Paulista, Junior Matuto, a pedido do Dracco, por desvios de R$ 21 milhões em PPP do lixo com a empresa Locar

"Grampos" da Operação Locador, do DRACCO, mostram temor de investigados de que chefões da gestão Matuto lhes fizessem "mal" e espanto com pagamentos em dinheiro vivo feitos pelo prefeito na compra de terrenos

PF volta à Prefeitura do Recife em mais duas Operações por desvios de recursos públicos na pandemia: Bal MAsqué e Apneia III. Diretor Financeiro é afastado do cargo pro pagar mais de R$ 7 milhões por produtos jamais entregues

Braço direito de Geraldo Julio, João Guilherme Ferraz incentivou e até debochou do fato de serem adquiridos respiradores testados apenas em porcos: "Leia c bons olhos kkkkkkk"