Operação Mercurio: GAECO/MPPE participa de Operação Nacional contra ORCRIM especializada em lavagem de dinheiro e roubo de cargas. Dois suspeitos foram presos em Olinda



O Gaeco do MPPE cumpriu na manhã desta quinta-feira (29) dois mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão no âmbito da Operação Mercúrio. Em Pernambuco, os alvos foram dois irmãos que residem na cidade de Olinda. Um deles foi preso e ficará à disposição da Justiça, enquanto o segundo não foi localizado. 

Na residência de um dos alvos ainda foram apreendidos um notebook, um smartphone, cinco pen drives e mídias digitais. 

Em todo o país, estão sendo cumpridas 45 prisões preventivas e 48 temporárias, além de 110 mandados de busca e apreensão em dez estados (Pernambuco, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Pará, Paraná e Tocantins). 



A Operação Mercúrio também obteve o bloqueio judicial de R$ 40 milhões, bem como a apreensão de cerca de 200 veículos. De acordo com as investigações conduzidas pelo Ministério Público de Minas Gerais e pela Polícia Federal, a organização criminosa é responsável pelas prática de roubo de cargas e de caminhões e por atividades de receptação, lavagem de dinheiro, falsificação de notas fiscais e organização criminosa. 




Os pernambucanos atuavam na intermediação entre os integrantes do grupo que roubavam as cargas e os receptadores, que faziam uma espécie de "encomenda" dos produtos roubados.

* Com informações e imagens da Assessoria de Comunicação do MPPE 

MAIS VISITADAS DO MÊS

Única nota 1000 do ENEM de Pernambuco faz homenagem a seu professor de Português

Exclusivo: Sai João e entra Tadeu na sucessão no Recife

À Época, Antônio Campos afirma ter denunciado, às autoridades, esquema maior do que o da Paraíba, operando em Pernambuco pelas mãos de Renata Campos e do PSB

Coincidência: donos do terreno desapropriado por R$ 38 milhões por Geraldo Julio são parentes de outro prefeito do PSB

Ataques de Secretário de Geraldo Julio contra Patrícia Domingos em debate são confissão de pânico de uma possivel candidatura da policial à Prefeitura do Recife