Prefeita de Lagoa do Carro quer receber R$ 1.800 por cada 12 horas que estiver fora do Município. MPPE questiona

Judite Botafogo quer receber diárias de R$ 1800 por cada 12 horas em que se afastar da sede do município. Prefeita é do PSDB 

Um projeto de Lei encaminhado pelo Poder Executivo de Lagoa do Carro para aprovação da Câmara de Vereadores do Município está sendo questionado pelo promotor de Justiça Guilherme Graciliano Araújo Lima por estabelecer valor considerado exorbitante para as diárias a serem pagas pela Prefeitura a servidores que realizarem tarefas fora da cidade.

De acordo com a Portaria 16/2019 publicada no Diário oficial eletrônico de hoje, do MPPE, mesmo para prestação de serviços em municípios vizinhos ou na Capital, se aprovado, o projeto permitirá o pagamento de diária de um mil e oitocentos reais por Lagoa do Carro, valor muito acima do que a capacidade financeira do Município permitiria e acima daquele pago por  municipios próximos a seus prefeitos.

Leiam a Portaria:





MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Lava Jato chega a Pernambuco: "Amplo esquema criminoso leva Lava Jato a bloquear mais de R$ 3,5 bilhões do PSB, de FBC, do Espólio de Eduardo Campos, Do MDB e de Eduardo da Fonte além de vários empresários

Sem saber que estava sendo gravado, marido e assessor de vereadora relata fraudes em licitações envolvendo deputado federal e esquemas com emendas parlamentares. Até manipulação do MPPE para obter vantagens ele confessa

Incômodo de políticos influentes com investigações estariam por trás de perseguições a Delegada Patrícia Domingos, suspeita presidente da ADEPPE

Exclusivo: Relatório do MPPE comprova que SDS tenta responsabilizar delegada Patrícia por prescrições ocorridas no século passado, antes da policial ingressar na própria Policia Civil. Quem estão querendo acobertar?