STF defere cautelar para manter Lula em Curitiba e em sala especial. PGR opinou no mesmo sentido



Ministros do Supremo Tribubal Federal deferem cautelar pedida pela defesa do ex-presidente Lula e determina a suspensão da transferência de Lula que havia sido determinada pela juiza das execuções penais do Paraná.

Além de determinar a manutenção da prisão de Lula no Paraná, a maioria dos ministros garantiu a Lula o direito de ficar recolhido em prisão equiparada a sala de Estado Maior.

A cautelar que foi deferida pelo relator Edson Fachin com parecer favorável da Procuradora Geral da República, Raquel Dodge.

O juiz das execuções penais de São Paulo, para onde Lula seria transferido, havia decidido mandar Lula para presídio de Tremembé em cela coletiva.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Única nota 1000 do ENEM de Pernambuco faz homenagem a seu professor de Português

Exclusivo: Sai João e entra Tadeu na sucessão no Recife

Coincidência: donos do terreno desapropriado por R$ 38 milhões por Geraldo Julio são parentes de outro prefeito do PSB

Perito do TJPE aponta sobrepreço de 100% no valor da indenização de R$ 38 milhões que a Prefeitura do Recife pretende pagar por imóvel na Av. Norte

Ataques de Secretário de Geraldo Julio contra Patrícia Domingos em debate são confissão de pânico de uma possivel candidatura da policial à Prefeitura do Recife