Uuários denunciam compartilhamento de dados pessoais e financeiros pelo Aplicativo Zona Azul da PCR para empresas de marketing e crédito e MPPE decide investigar



A Promotoria de Defesa do Consumidor decidiu investigar denúncias de usuários da Zona Azul da Prefeitura do Recife, dando conta de que os dados pessoais
e financeiros dos usuários estariam sendo compartilhados com empresas de Marketing e Análise de Crédito.

A Lei de Proteção aos Dados proíbe esse tipo de conduta.

Leiam a Portaria assinada pelo Promotor Solon Ivo da Silva Filho.



MAIS VISITADAS DO MÊS

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Radar: João Campos recebe mais de R$ 5,2 milhões do Fundo Eleitoral do PSB e é recordista nacional de doações

Pesquisa: Marília Arraes e Delegada Patrícia despontam empatadas na liderança da disputa para a PCR e podem protagonizar disputa inédita no Recife