Petrobras leva multa de R$ 700 mil da CPRH por vazamento denunciado em primeira mão pelo Blog da Noelia Brito. Possível crime ambiental também é investigado pela PF



A Agência Pernambucaba de Meio Ambiente - CPRH, aplicou multas que totalizam 705 mil reais contra a Refinaria Abreu e Lima (Rnest) em razão do vazamento de 5 m3 de óleo, ocorrido no último dia 27 de agosto em Suape.

O vazamento, que foi denunciado, em primeira mão pelo Blog da Noelia Brito (Confira em https://www.blogdanoeliabrito.com/2019/08/exclusivo-vazamento-na-refinaria-abreu.html), atingiu uma área de 4,5 hectares, em Ipojuca., causando danos O à fauna e à flora do Rio Taveiro do Meio.

A Polícia Federal enviou peritos para o local para avaliar se os danos ao Meio Ambiente constituíam crime ambiental. O Laudo ainda não foi divulgado.

A Rnest terá que apresentar um plano de remediação para a região afetada, já que o óleo atingiu animais que vivem na área, como cobra-d'água, jacaré e pássaros, além da vegetação do mangue e restinga.

Pela contaminação do Rio Taveiro do Meio, a CPRF estabeleceu uma multa de R$ 500 mil. Já pelo impacto provocado, foram expedidas mais duas autuações cada uma no valor de R$ 100 mil. Além disso, a Refinaria terá que arcar com R$ 5,9 mil por infringir a Lei Estadual 14.249/2010, sobre licenciamento ambiental.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Milionários pernambucanos aparecem na "caixa preta" do BNDES anunciada por Bolsonaro. Saiba quem são.

Sai PSB e entra PSL no comando do Diário de Pernambuco comprado por bolsonarista que chamou jornalistas de mentirosos e depois apagou o Twit

Políticos pernambucanos em pânico: Agiotas do Jatinho que delataram FBC gravaram conversas com delatados e entregaram áudios à PF, revela decisão de Barroso

Veja: Bolsonaro indica para o CADE advogada acusada de vender decisões do STJ para a JBS. A advogada é filha de uma desembargadora federal bolsonarista

Conselheiro do TCE/RJ, ligado ao MDB, é o mandante do assassinato de Marielle, revela inquérito da Policia Federal. O motivo seria vingança contra Freixo por perda do foro privilegiado