Presbítero e Pastor da Assembleia de Deus denunciam "rachadinhas" de deputado e vereadora com membros da Igreja ao MPPE.

Presbítero Adalto e Irmã Aidée são acusados por integrantes da própria Igreja de praticarem "rachadinha"

Por meio de um vídeo postado no YouTube, o Presbítero Giovane Cardoso de Freitas, da Assembleia de Deus de Pernambuco, lê o que seria uma notícia crime protocolada no último dia 27 de agosto, junto ao MPPE, por um pastor da mesma designação religiosa, envolvendo o deputado estadual Presbítero Adalto Santos, vice-líder so PSB na Alepe e integrante da bancada evangélica e a vereadora do Recife, Irmã Aimée, também dobPSB e sa bancada evangélica na Câmara do Recife e o líder da Assembleia de Deus em Pernambuco (IEADPE), Pastor Ailton José Alves.

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO E CONHEÇA A DENÚNCIA NA ÍNTEGRA 


De acordo com o vídeo, a denúncia protocolada junto ao MPPE, reporta que um Pastor e sua esposa teriam sido empregados no gabinete do deputado Adauto Santos, mas para prestarem serviços na IEADPE e o que é mais grave, devolvendo ao parlamentar 13 mil reais dos vencimentos do cargo em comissão e ficando apenas com 500 reais. A denúncia ainda reporta a existência de um inquérito na Polícia Federal onde estariam sendo investigados crimes eleitorais por utilização da Igreja para a campanha política do Parlamentar.

Apesar de a denúncia centrar fogo na figura do deputado Adalto Santos, cujas supostas irregularidades seriam feitas em conluio com o líder da IEADPE, a vereadora Irmã Aidée também é apontada como praticante da chamada "rachadinha".

O Pastor que faz a denúncia ainda revela que o líder de sua Igreja teria excelentes relações públicas com autoridades do MPPE e do Judiciário e com jornalistas, mas que em privado chamaria a todos de "católicos endemoniados".

As denúncias, se comprovadas e o Presbítero afirma que provas robustas e inclusive àudios, teriam sido anexados, são gravíssimas e reforçam as denúnciasnde que a prática de "rachadinhas" é rotineira nos Parlamentos pernambicanos e que seguem impunes, apesar das denúncias.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Corruptocracia Pernambucana: Prefeito com tornozeleira é recebido com festa ao retornar ao cargo depois de desviar quase cem milhões da Previdência. Veja o vídeo

Contrato da iluminação pública de Olinda leva à condenação da vice-governadora de Pernambuco e ex-prefeita do município por improbidade administrativa com suspensão dos direitos políticos por seis anos

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

DRACO pede e TJPE autoriza prisão do filho do operador pivô do afastamento do prefeito de São Lourenço da Mata e da prisão do prefeito de Camaragibe

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"