Tribunal anula concurso e procurador de contas perde cargo após 20 anos em Goiás

Fernando Carneiro perderá o cargo após 20 anos

A 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) decidiu, por unanimidade, anular um concurso realizado há 20 anos pelo Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE) e Celmar Rech, que preside a Corte de Contas goiana teŕá que afastar o procurador de contas Fernando dos Santos Carneiro do cargo.

A ação foi movida em 1999, pelo filho de um conselheiro aposentado do TCE-GO, Eurico Barbosa Santos Filho, que disputou o certame. O autor da ação sofreu dois revezes nas Justiça, mas, insistiu na demanda e se sagrou vencedor. Fernando Carneiro é o único prejudicado pela decisão, já que é o único dos aprovados daquele concurso ainda atuando. Os demais procuradores de Contas que passaram na prova pediram exoneração.

Segundo a desembargadora Sandra Regina Teodoro Reis, houve ilegalidade na contratação sem licitação da banca examinadora, composta pelo Centro de Seleção e Promoção de Eventos (Cespe), além de questões em desconformidade com o edital.

A relatora ainda destacou que o Poder Judiciário não pode chancelar um concurso “eivado de máculas que tem o condão, até mesmo, de denegrir o Poder Público, tendo em vista a condução do certame por pessoas sem a necessária qualificação técnica e pela nomeação e posse de indivíduos que ingressaram (…) ao arrepio das exigências editalícias”.

O desembargador Fausto Moreira Diniz e o juiz substituto Roberto Horácio de Rezende acompanharam a relatora, cuja decisão é pela anulação de atos posteriores ao certame, até mesmo nomeações.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Única nota 1000 do ENEM de Pernambuco faz homenagem a seu professor de Português

Exclusivo: Sai João e entra Tadeu na sucessão no Recife

À Época, Antônio Campos afirma ter denunciado, às autoridades, esquema maior do que o da Paraíba, operando em Pernambuco pelas mãos de Renata Campos e do PSB

Coincidência: donos do terreno desapropriado por R$ 38 milhões por Geraldo Julio são parentes de outro prefeito do PSB

Ataques de Secretário de Geraldo Julio contra Patrícia Domingos em debate são confissão de pânico de uma possivel candidatura da policial à Prefeitura do Recife