Bivar divulga gastos de R$ 340 mil do PSL com "advogada rapina" de Bolsonaro

16 de out. de 2019

/ by Blog da Noelia Brito


Monica Bergamo, da Folha de São Paulo, conta que Luciano Bivar divulgou para um grupo de parlamentarea os gastos do PSL com a advogada Karina Kufa, a quem Bivar tem acuaado de ser uma "advogada rapina" que junto com o "juis desempregado" Admar Gonzaga, estaria querendo meter a mão no Fundo Partidário do PSL, junto com Bolsonaro, para fins não éticos.

Admar Gonzaga é ex-ministro do TSE e agora virou uma espécie de consultor jurídico de Bolsonaro. Ateibui-se a ele a ingerência junto ao TRE/PE para agilização das buscas e apreensões contra Bivar, que haviam sido negadas pela Juiza Eleitoral da 6. Zona Eleitoral do Recifem
Além de receber R$ 40 mil por mês, ela firmou contrato de R$ 200 mil para apresentar ações diretas de inconstitucionalidade no STF, contou Bivar.

Segundo Bergamo, o mesmo relatório mostra que a advogada assinou acordo de R$ 100 mil para defender a senadora Juíza Selma (PSL-MT), acusada de abuso de poder econômico e caixa dois nas eleições de 2018. Os recursos saíram do caixa do PSL de São Paulo.
© Todos os direitos reservados - 2021