Justiça nega novo afastamento do Prefeito de São Lourenço da Mata mas manda bloquear R$1,7 milhões em bens por irregularidades no contrato do lixo



A juiza Marinês Marques Viana indeferiu, no último dia 21 de outubro, novo pedido de afastamento do prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira, por entender que se pautava em fatos ocorridos em 2017.

Na mesma decisão, a juiza mandou bloquear R$ 1,7 milhão em bens do político e de outros réus na ação de improbidade movida pelo MPPE e que aponta graves danos ao Erário em razão de irregularidades no contrato de limpeza urbana do Municipio.

Veja a decisão:


MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos