Líder do PSL diz que Bolsonaro desmerece o prato que comeu



O Antagonista ouviu do líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, que "a gente não pode desmerecer o prato que comeu. Se o nosso presidente está hoje no Palácio do Planalto, ele tinha que ter uma sigla e essa sigla foi o PSL. Você não pode bater em pai e mãe, né? O nascimento do presidente… todos nós dependemos do partido. Gratidão é uma palavra mágica. Gratidão e lealdade.”

O deputado também afirmou que o presidente precisa “dar detalhes” de sua declaração.

“Quem tem que dar detalhes sobre isso é o presidente. O presidente precisa esclarecer. Se tem fatos que ele sabe, que eu não sei, que você não sebe, que o cidadão não sabe, ele tem que trazer a público.”

Bolsonaro se deixou gravar na manhã de hoje mandando um pré-candidato a vereador do Recife esquecer o PSL porque o partido e seu presidente, Luciano Bivar estariam "queimados".

MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia