Líder do PSL diz que Bolsonaro desmerece o prato que comeu



O Antagonista ouviu do líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, que "a gente não pode desmerecer o prato que comeu. Se o nosso presidente está hoje no Palácio do Planalto, ele tinha que ter uma sigla e essa sigla foi o PSL. Você não pode bater em pai e mãe, né? O nascimento do presidente… todos nós dependemos do partido. Gratidão é uma palavra mágica. Gratidão e lealdade.”

O deputado também afirmou que o presidente precisa “dar detalhes” de sua declaração.

“Quem tem que dar detalhes sobre isso é o presidente. O presidente precisa esclarecer. Se tem fatos que ele sabe, que eu não sei, que você não sebe, que o cidadão não sabe, ele tem que trazer a público.”

Bolsonaro se deixou gravar na manhã de hoje mandando um pré-candidato a vereador do Recife esquecer o PSL porque o partido e seu presidente, Luciano Bivar estariam "queimados".

MAIS VISITADAS DO MÊS

SDS transfere delegado de Arcoverde que prendeu filho da presidente da Câmara por série de homicídios e população se revolta. Vereadora é do Partido do Governador

PF deflagra Operação contra empréstmos fraudulentos de R$ 8,5 milhões no BNB em Pernambuco. Empresário e bancário estão foragidos da Justiça

Sai PSB e entra PSL no comando do Diário de Pernambuco comprado por bolsonarista que chamou jornalistas de mentirosos e depois apagou o Twit

STJ MANDA INQUÉRITO CONTRA PAULO CÂMARA E GERALDO JULIO, POR SUPOSTOS CRIMES NA LICITAÇÃO DA ARENA PERNAMBUCO, PARA VARA DOS CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NO RECIFE

"Lá no apartamento de Fernandinho...ali eu tenho acesso, toda hora, todo instante". Leia trechos da degravação da conversa entre agiota do jatinho e operador dos Bezerra Coelho revelada em primeira mão pelo Blog