Lula Cabral volta à Prefeitura do Cabo por decisão de Dias Toffoli. Leia a decisão



O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, concedeu, na manhã de hoje, liminar num pedido de Suspensão de Segurança que autoriza o retorno de Lula Cabral à Prefeitura do Cano de Santo Agostinho.

O político foi afastado e preso numa operação da Polícia Federal por desviar quase cem milhões de reais da Previdência dos servidores. Na decisão, Toffoli diz: "sem prejuízo do reexame posterior da matéria, suspender, até o julgamento definitivo deste incidente, os efeitos da decisão que determinou a prorrogação do afastamento cautelar do requerente da chefia do Poder Executivo local. Comuniquem-se, com urgência , solicitando-se informações ao Tribunal Regional Federal 5ª Região, que deverão ser prestadas no prazo máximo de 10 (dez) dias. Após, dê-se vista dos autos à Procuradoria-Geral da República."

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos