Mulher é detida na Grande Natal com 50 mil dólares escondidos em envelopes embaixo da blusa e se identifica como procuradora do Estado de Pernambuco



Dinheiro foi apreendido com mulher em barreira da PRF na Grande Natal — Foto: Divulgação/PRF


Do G1 RN

Uma mulher foi detida com 50 mil dólares e quatro mil pesos mexicanos embalados em envelopes de plástico e amarrados na cintura, por baixo da blusa. O caso aconteceu na BR-101, em Goianinha, na Grande Natal, em uma barreira da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com os policiais rodoviários, no momento da abordagem, a mulher se apresentou como procuradora do Estado de Pernambuco. O carro em que ela estava foi parado porque trafegava em alta velocidade. Seguiam a suspeita e um motorista.

Após vistoria, os policiais encontraram com a passageira os dólares e pesos mexicanos. O dinheiro estava em envelopes de plástico, com a logomarca de uma operadora de câmbio da cidade de Recife (PE).

Questionada pelos policiais, a mulher alegou que era esposa do dono da casa de câmbio e que estava levando o dinheiro para uma outra unidade da empresa, também do seu marido, em Natal. Disse ainda que o dinheiro, normalmente, é levado em carros de transporte de valores, porém o veículo que a empresa utiliza havia quebrado e ela resolveu fazer o traslado do montante.

Como a mulher não apresentou nenhum documento comprovando a origem do dinheiro, foi encaminhada com toda a quantia para a Superintendência da Polícia Federal, na capital, onde os valores ficaram retidos. A suspeita foi liberada em seguida.





MAIS VISITADAS DO MÊS

Corruptocracia Pernambucana: Prefeito com tornozeleira é recebido com festa ao retornar ao cargo depois de desviar quase cem milhões da Previdência. Veja o vídeo

Contrato da iluminação pública de Olinda leva à condenação da vice-governadora de Pernambuco e ex-prefeita do município por improbidade administrativa com suspensão dos direitos políticos por seis anos

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

DRACO pede e TJPE autoriza prisão do filho do operador pivô do afastamento do prefeito de São Lourenço da Mata e da prisão do prefeito de Camaragibe

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"