Pernambucano Og Fernandes é eleito e empossado corregedor-geral da Justiça Eleitoral



O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral elegeu e empossou, na sessão administrativa desta quinta-feira (24/10), o ministro Og Fernandes para o cargo de corregedor-geral da Justiça Eleitoral. Ele substituirá o ministro Jorge Mussi, que deixa o TSE devido ao término de seu biênio como membro efetivo do Tribunal. Og Fernandes é eleito e empossado corregedor-geral da Justiça Eleitoral
TSE

Og ocupará o cargo até agosto de 2020, quando terminará seu biênio como titular da Corte Eleitoral. “O ministro muito contribuirá para o bom andamento dos trabalhos e para o aperfeiçoamento da nossa democracia, com seu destacado conhecimento técnico, sua ampla experiência judicante e sua postura amiga e conciliadora”, concluiu a presidente da corte, ministra Rosa Weber.

Em seu discurso de agradecimento, o novo corregedor-geral afirmou que não pensava um dia estar ao lado de pessoas pelas quais sua admiração não tem medida. “O ambiente que se constrói aqui tem um quê de cativar, como que se fosse um visgo em que nós chegamos aqui e não queremos sair”, disse Og Fernandes.

Caberá ao novo Corregedor a investigação dos disparos de WhatsApp que teriam beneficiado a campanha de Bolsonaro.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos