TSE reabre investigação sobre uso de fake news em massa nas eleições que favoreceram Bolsonaro



Do Conjur.

O Tribunal Superior Eleitoral determinou a reabertura da ação que investiga o uso de compartilhamento em massa de fake news por WhatsApp pela campanha de Jair Bolsonaro nas eleições de 2018.Coligações pedem que uso de WhatsApp para disseminar mentiras seja investigado

As coligações "O Povo Feliz de Novo" (PT/PCdoB/PROS) e "Brasil Soberano" (PDT/AVANTE) pediu a reabertura da investigação por conta do aplicativo de mensagens ter confirmado a Folha de S.Paulo, no início deste mês, que a eleição brasileira de 2018 teve uso de envios maciços de mensagens. 

O ministro Jorge Mussi, corregedor do TSE, relembra que a Ação de Investigação Judicial Eleitoral foi encerra em dezembro, mas deferiu o pedido para reabertura de investigação.

Clique aqui para ler a decisão

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos