Depois do TJBA, outros dois Tribunais de Justiça do Nordeste devem ser alvos de Operações da PF, ainda este ano, revela Radar da Veja



Sem especificar os nomes, a Coluna Radar da Veja acaba de revelar que pelo menos dois outros Tribunais de Justiça nordestinos serão alvos de Operações da Polícia Federal por corrupção.

Até o momento, apenas os Tribunais de Justiça do Ceará e da Bahia foram agraciados com uma limpeza de seus quadros envolvidos com corrupção mediante vendas de decisões judiciais. No Ceará, pelo menos 4 desembargadores foram afastados por venda de habeas corpus para traficantes, na chamada Operação Expresso 150. Na Bahia, além do afastamento de desembargadores na operação Faroeste, por venda de sentença a grileiros e homicídios, incluindo o próprio presidente, uma desembargadora teve prisão preventiva decretada, por obstrução da Justiça.

A nota da Radar diz que a "Lava Toga, que começou pelo Tribunal de Justiça da Bahia, com prisões e afastamento de seis magistrados da Corte, chegou a falcatruas em outros dois tribunais de justiça do Nordeste."

Ainda segundo a coluna, "além de duas excelências da Justiça baiana que querem delatar, as investigações devem avançar com novas operações da Polícia Federal ainda neste ano. O Natal será animado."

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos