Eleições de 2020: Prefeitura de Pernambuco usa sorteio de celular de luxo para colher dados de futuros eleitores. Pode isso, TRE/PE?


Uma postagem na página do Facebook da Prefeitura de Ibimirim, município pernambucano, chamou atenção dos leitores do nosso Blog. A pretexto de fazer algo salutar, qual seja, a convocação de jovens entre 16 e 18 anos de idade para que tirem o Título de Eleitor, a ser realizada no Cartório Eleitoral da cidade, aproveita para, mediante a oferta de participação em um sorteio de um celular de luxo, convidar os jovens a passarem na prefeitura e preencherem um cupom com seus dados pessoais.


No texto está expressamente escrito o seguinte: 

"O Núcleo de Cidadania dos Adolescentes/NUCA, junto com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Comissão Selo UNICEF realizam a campanha #ELEITOR DO FUTURO.
JOVENS de 16 a 18 anos, tirem o seu Título de Eleitor, no Cartório Eleitoral, no período de 01 de novembro a 27 de dezembro/2019, preencha um cupom na Prefeitura de Ibimirim e concorra ao sorteio de um aparelho de Celular Sansung Galaxy A10 - sorteio no dia 30 de dezembro de 2019.
Documentos necessários para tirar o Título:
· Identidade ou Registro de Nascimento;
· Comprovante de Residência;
Jovem de Ibimirim – seu voto faz a diferença!"

Nossos leitores estranharam a oferta de vantagem, ainda que disfarçada do sorteio de um bem, como estímulo para que os jovens se cadastrem como eleitores. Primeiro por estimular a cultura da troca do voto por vantagens materiais, deseducando a juventude. Segundo, em razão de gerar a suspeita de que o sorteio nada mais é que um pretexto para fazer captação de dados de possíveis eleitores a serem abordados para apoio eleitoral aos atuais gestores do Município ou a seus apoiadores, afinal, qual o sentido se uma prefeitura oferecer prêmios para eleitores em período que antecede o eleitoral se não tiver objetivos de captação de apoio e simpatia desses eleitores ou futuros eleitores.

Com a palavra, a Prefeitura de Ibimirim, o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco e o Ministério Público Eleitoral.






MAIS VISITADAS DO MÊS

Contrato da iluminação pública de Olinda leva à condenação da vice-governadora de Pernambuco e ex-prefeita do município por improbidade administrativa com suspensão dos direitos políticos por seis anos

Corruptocracia Pernambucana: Prefeito com tornozeleira é recebido com festa ao retornar ao cargo depois de desviar quase cem milhões da Previdência. Veja o vídeo

STF derruba sigilo de gastos da Presidência e Bolsonaro terá que mostrar faturas milionárias do cartão corporativo

Cabos da PM/PE denunciam que governo de Pernambuco só promove oficiais: "Quanta injustiça numa única corporação!"

DRACO pede e TJPE autoriza prisão do filho do operador pivô do afastamento do prefeito de São Lourenço da Mata e da prisão do prefeito de Camaragibe