Eleições de 2020: Prefeitura de Pernambuco usa sorteio de celular de luxo para colher dados de futuros eleitores. Pode isso, TRE/PE?


Uma postagem na página do Facebook da Prefeitura de Ibimirim, município pernambucano, chamou atenção dos leitores do nosso Blog. A pretexto de fazer algo salutar, qual seja, a convocação de jovens entre 16 e 18 anos de idade para que tirem o Título de Eleitor, a ser realizada no Cartório Eleitoral da cidade, aproveita para, mediante a oferta de participação em um sorteio de um celular de luxo, convidar os jovens a passarem na prefeitura e preencherem um cupom com seus dados pessoais.


No texto está expressamente escrito o seguinte: 

"O Núcleo de Cidadania dos Adolescentes/NUCA, junto com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Comissão Selo UNICEF realizam a campanha #ELEITOR DO FUTURO.
JOVENS de 16 a 18 anos, tirem o seu Título de Eleitor, no Cartório Eleitoral, no período de 01 de novembro a 27 de dezembro/2019, preencha um cupom na Prefeitura de Ibimirim e concorra ao sorteio de um aparelho de Celular Sansung Galaxy A10 - sorteio no dia 30 de dezembro de 2019.
Documentos necessários para tirar o Título:
· Identidade ou Registro de Nascimento;
· Comprovante de Residência;
Jovem de Ibimirim – seu voto faz a diferença!"

Nossos leitores estranharam a oferta de vantagem, ainda que disfarçada do sorteio de um bem, como estímulo para que os jovens se cadastrem como eleitores. Primeiro por estimular a cultura da troca do voto por vantagens materiais, deseducando a juventude. Segundo, em razão de gerar a suspeita de que o sorteio nada mais é que um pretexto para fazer captação de dados de possíveis eleitores a serem abordados para apoio eleitoral aos atuais gestores do Município ou a seus apoiadores, afinal, qual o sentido se uma prefeitura oferecer prêmios para eleitores em período que antecede o eleitoral se não tiver objetivos de captação de apoio e simpatia desses eleitores ou futuros eleitores.

Com a palavra, a Prefeitura de Ibimirim, o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco e o Ministério Público Eleitoral.






MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos