Em Pernambuco, 26 investigações com base em dados do COAF estão paralisadas após decisão de Toffoli a pedido de Flávio Bolsonaro. Veja os dados de todos os Estados


Nota Técnica divulgada hoje, pelo Ministério Público Federal, revela que a decisão de Dias Toffoli suspender, a pedido de Flávio Bolsonaro, investigações baseadas em dados conpartilhados pelo COAF com órgãos de controle sem autorização judicial resultou na suspensão de procedimentos investigatórios em todos os Estados da Federação. Em Pernambuco, por exemplo, 26 investigações estão paradas, desde a decisão.

Veja a lista completa:


MAIS VISITADAS DO MÊS

PF flagrou 114 contatos telefônicos entre desembargadora afastada e traficante de drogas e assaltante de carro-forte

STF afasta Conselheiro do TCM-BA por propina de R$ 25 milhões exigida quando era ministro das Cidades

"Jovem deputado foi nutrido na mamadeira da Odebrecht", responde Antonio Campos ao sobrinho João Campos após ser chamado de "mau sujeito" em audiência da Câmara

Remuneração a juíza do TJ-PE chega a mais de R$ 1 milhão em novembro, revela a Folha de São Paulo

Paulo Câmara liberou R$ 60 milhões para pagar férias indenizadas no TJPE beneficiando a própria mulher que é juíza. Para os demais servidores, aumento na alíquota da Previdência. Manobra foi revelada pela Folha de São Paulo