Paulo Câmara fez escola: governador do Tocantins dá canetada e afasta todos os delegados que investigaram crimes contra a Administração Pública cometidos por aliados do gestor



O presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins (Sindepol/TO), Mozart Felix, divulgou nota e vídeo denunciando  a remoção e movimentação de todos os Delegados de Polícia do Estado como forma de perseguir e frear aqueles que investigavam ou estavam relacionados ao combate à corrupção envolvendo o Governo do Tocantins e parlamentares aliados do governador. A medida foi publicada à meia noite desta quarta-feira, 06, no Diário Oficial do Estado.


"Todos os Delegados vinculados ao combate à corrupção no Tocantins foram retirados de suas delegacias, ação essa que prejudica a estabilidade do profissional, o andamento das investigações, e mais uma vez, qualifica perseguições e intimidações que, inegavelmente, prejudicam o interesse da população em combater a corrupção no estado", disse Mozart Felix, em nota.

"Desde outubro de 2018, em investigação que teve início ainda nas eleições suplementares, envolvendo parente e o próprio líder do Governo na Assembleia Legislativa, o Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins vem denunciando as constantes perseguições do Governo para com os Delegados, com ações que prejudicam o desenvolvimento da Segurança Pública", prossegue a nota.

A atitude do governador do Tocantins, Mauro Carlesse, do DEM, assemelha-se à manobra do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, do PSB, com apoio de deputados estaduais, de extinguir a Decasp -Delegacia dos Crimes Contra a Administração e Serviços Públicos, como forma de afastar a delegada Patrícia Domingos do comando das investigações contra políticos e empresários ligados ao governador, por atos de corrupção.

Hoje, aliás, completa um ano da extinção daquela Delegacia especializada no combate à corrupção. 

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos