Coronéis ligados ao PSB denunciados 12 vezes por corrupção na Torrentes responderão ao Conselho de Justificação e poderão ser expulsos da PM


Os coroneis da Casa Militar de Pernambuco denunciados 12 vezes por fraudes em licitações e contratos, corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Torrentes, todos ligados politicamente ao PSB, Partido que domina a politica Pernambuca há décadas, também responderam a um Conselho dr Justificação qur poderá levá-los à expulsão da corporação.

Um dos denunciados é o Coronel Mario Cavalcante que era homem da extrema confiança do ex-governador Eduarfo Campos e que chegou a ser nomeado por Paulo Câmara como interventor na cidade de Gravatá, em substituição ao ex-prefeito Bruno Martiniano que ironicamente fora afastado por corrupção.

Leiam a Portaria publicadano Diário oficial de hoje



MAIS VISITADAS DO MÊS

Única nota 1000 do ENEM de Pernambuco faz homenagem a seu professor de Português

Exclusivo: Sai João e entra Tadeu na sucessão no Recife

Coincidência: donos do terreno desapropriado por R$ 38 milhões por Geraldo Julio são parentes de outro prefeito do PSB

Perito do TJPE aponta sobrepreço de 100% no valor da indenização de R$ 38 milhões que a Prefeitura do Recife pretende pagar por imóvel na Av. Norte

Ataques de Secretário de Geraldo Julio contra Patrícia Domingos em debate são confissão de pânico de uma possivel candidatura da policial à Prefeitura do Recife