Advogado aciona Justiça Federal contra desapropriação de terreno de marinha por R$ 38 milhões pela gestão Geraldo Julio. Suspeita é de superfaturamento e favorecimento de aliados


O advogado Saulo Brasileiro, mesmo que ingressou com ação popular contra a extinção da Decasp, ajuizou, na manhã de hoje, Ação contra a Pref:eitura do Recife por compra irregular de terreno em Santo Amaro.

Nas Redes Sociais, Saulo revelou que pediu uma liminar   para que a Justiça Federal suspenda o processo de desapropriação envolvendo a Secretaria de Educação do Recife, por existirem fortes suspeitas de que o valor (38 milhões de reais) foi superfaturado e a empresa que receberá o valor é administrada por parentes de um político aliado do Prefeito Geraldo Júlio.

"Nos últimos dias, várias notícias surgiram sobre a compra da área, localizada em terreno de marinha. Um laudo elaborado pelo Perito Avaliador e Corretor de Imóveis Rafael Dantas aponta que o superfaturamento foi de praticamente 100%, pois a área comprada não vale nem 20 milhões. O Blog da Noelia Brito@noeliabritoblog) apurou também a existência de parentesco entre sócios da empresa, que será paga com dinheiro público, e o Prefeito de Ribeirão, do mesmo partido do Prefeito do Recífe, Geraldo Júlío, o Partido Socialista Brasileiro (PSB)", contou Saulo, na sua co ta no Instagram. O caso está na 12a Vara Federal.

O movimento Ativistas e Ativismos também pediu ao Ministério Público Federal e ao TCE que investiguem o caso (Confira em https://www.blogdanoeliabrito.com/2020/01/ativistas-pelo-controle-social-da.html )




MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos