Antagonista chama Silvio Costa Filho de sabotador de Moro. Deputado, que apoia Bolsonaro, declarou ontem apoio a pré-candidata do PT, no Recife

Silvio Filho com Bolsonaro

Um dia após a divulgação de declarações do deputado federal Silvio Costa Filho, em defesa do próprio pai, o ex-deputado Silvio Costa, que tem sido chamado de senador bolsonarista pelo senador Humberto Costa, o parlamentar pernambucano voltou ao centro da polêmica ao defender a retirada de poderes de Sergio Moro, com a cisão do Ministério do ex-juiz em dois.

Humberto Costa, petista que é aliado do PSB, em Peranambuco, tem reiterado que a pré-candidata petista, deputada federal Marília Arraes, à Prefeitura do Recife, teria deixado de votar nele, Humberto, para votar no candidato que ele chama de bolsonarista, Silvio Costa.

Apesar de terem participado da base do governo Lula e Dilma e de serem seus defensores, Silvio Filho e o pai, Silvio Costa, têm sido acusados de bolsonarismo em razão do filho votar favoravelmente a todas as pautas bolsonaristas e elogiar o governo Bolsonaro. O Partido de ambos, o PRB é sabidamente ligado à Igreja Universal, que também migrou seu apoio do PT para Bolsonaro.

Ontem, Silvio Costa Filho divulgou uma nota reagindo aos ataques de Humberto Costa, a quem acusa de atacar seu pai para atingir Marilia Arraes.

Silvio Costa Filho ainda declarou que Humberto nutria ódio por seu pai em razão do apoio dado à tentativa de candidatura da neta de Miguel Arraes ao governo de Pernambuco, que acabou não se concrerizando.

Silvinho, como é conhecido o parlamentar, ainda deixou no ar a possibilidade de mesmo tendo tanto alinhamento com Bolsonaro, vir a apoiar novamente a petista.

Pois bem. Hoje o site Antagonista, que é conhecido por sua defesa da Lava Jato e de Sergio Moro, postou uma nota acusando Silvio Filho de "sabotador", por querer levar a discussão sobre a divisão do ministério de Moro à Câmara. Moro disputa uma queda de braço com Bolsonaro, a quem Silvio Filho tem manifestado apoio. Não se sabe se as manobras do pernambucano são destinadas a agradar Bolsonaro, a buscar uma reaproximação com parte do petismo ou os dois.

Leiam a íntegra da nota:



Os sabotadores não desistem


O deputado Silvo Costa Filho, do Republicanos, quer levar o ministro e secretários estaduais de Segurança Pública para discutir a divisão do ministério de Moro na Câmara.
“O Ministério da Segurança foi extinto há 12 meses, e um ano após sua extinção cabe uma reflexão de todos para avançarmos nessa pauta”, disse ele ao Estadão.
Cabe nada.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Justiça recebe denúncia contra tenente coronel da PMPE acusado de assediar sexualmente 4 subordinadas policiais militares

Única nota 1000 do ENEM de Pernambuco faz homenagem a seu professor de Português

À Época, Antônio Campos afirma ter denunciado, às autoridades, esquema maior do que o da Paraíba, operando em Pernambuco pelas mãos de Renata Campos e do PSB

Indústria de multas de Geraldo Júlio arrecadou R$ 230 milhões em apenas 4 anos enquanto gastos com educação no trânsito não chegam a R$ 550 mil

Exclusivo: Sai João e entra Tadeu na sucessão no Recife