Bradesco ganhou Folha de Pagamento da Paraíba após ceder a extorsão milionária de Ricardo Coutinho, conta delator



O delator Ivan Burity reportou ao Ministério Público da Paraíba que a mando de Ricardo Coutinho, exigiu, juntamente com a também drlatora e ex-secretária de Administração e ex-Procuradora Geral da Paraíba, Livania, que poBradesco e a Alpargatas realizassem doações milionárias para cobrir rombos da campanha à reeleição de Ricardo Coutinho, do PSB, mediante ameaças de retaliações nos negócios que essas empresas mantinham com a Paraíba.

À Alpargatas, a ameaça era de corte de benefícios fiscais, já ao Bradesco, a ameaça era de embaraços nos empréstimos consignados de servidores.

Segundo o delator, ao ver as doações milionárias do Bradesco e da Alpargatas ao opositor Cassio Cunha Lima, do PSDB, Coutinho resolveu fazer as exigências.

Ainda segundo o delator, as empresas cederam à extorsão e depois disso o Bradesco ainda ganhou o direito de gerir a Folha de Pagamento do Estado da Paraíba.

Leiam a íntegra do depoimento:



MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia