Ex-deputado do PSB é um dos doleiros alvo da Operação da PF, hoje, em Pernambuco e seria sócio de hotel de luxo, em Miami, revela Blog do Ricardo Antunes


O Blog do Ricardo Antunes apontou os empresários João Heraclio do Rego (mais conhecido como João “da Bomba”), e seu filho, o ex-deputado do PSB, Ricardo Heraclio do Rego, como os alvos principais da “Operação Aqua”, que apura suspeita de atividade clandestina em operações de câmbio, evasão de divisas ao exterior, associação criminosa e lavagem de dinheiro por parte dos empresários, quem também seriam doleiros, utilizado-se das empresas de água mineral Diamante e Vidda, ambas sediadas no bairro do Ibura, no Recide, para lavagem de capitais.

O ex-deputado Ricardo Heraclio, ainda segundo o Blog do Ricardo Antunes, seria dono de vários quartos de um hotel de luxo em área nobre de Miami, nos Estados Unidos, o Sonesta Hotel.

Segundo a Policia Federal, as investigações tiveram início a partir de documentos enviados por autoridades americanas que teriam detectado operações ilicitas dos doleiros naquele Pais.

Ainda segundo a PF, os empresários atuariam como doleiros em Pernambuco há vários anos. Ricardo Heráclio foi suplente de Ricardo Fiuza, do PFL e de Eduardo Campos, do PSB, tendo assumido  os mandatos durante licenças de ambos.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Aliado de Arthur Lira, do Centrão, Marinaldo Rosendo é alvo de Operação da PF por desvios de recursos do SUS durante sua primeira gestão na Prefeitura de Timbaúba

Após dia de polêmica, Marília Arraes solta nota rebatendo acusações de traição, golpismo e aliança com a direita que lhe foram imputadas por colegas do PT

Lideranças e ex-presidentes defendem reeleição do Bruno Baptista à presidência da OAB/PE

Diretoria Antimáfia Italiana e Polícia Federal em Pernambuco prendem Italiano apontado como líder de rede de traficantes internacionais de drogas. O estrangeiro morava em Aldeia, na cidade pernambucana de Camaragibe

Priscila Krause afirma que João Campos manteve equipe administrativa da Secretaria de Saúde, alvo de sete operações da PF: “de fato ele confia na equipe”