Indígenas denunciam "covardia" de Geraldo Julio que os proibiu, após 25 anos, de vender seus produtos no Mercado de São José

20 de fev. de 2020

/ by Blog da Noelia Brito


Indígenas que há 25 anos se deslocam de Palmeira dos Índios, em Alagoas, para, durante o período pré-carnavalesco venderem seus produtos no Mercado de São José, tiveram uma ingrata surpresa ao serem proibidos pela gestão Geraldo Julio de realizarem suas vendas este ano, chegando a serem expulsos por fiscais da gestão.

Áureo Cisneiros esteve com lojistas do Mercado que testemunharam a importância da presença dos indígenas no fomento ao turismo na região 

Os indígenas, que são apoiados pelos comerciantes do próprio Mercado, denunciam o que classificam de "covardia" do Prefeito, que com sua atitude estaria fazendo com que alguns estejam passando fome junto com familiares. Lembram que seus produtos, além de atraírem turistas para o mercado, são manifestações cultuŕais nativas.

Uma das indígenas chega a desabafar: "Nossos produtos não são droga não!"

Vejam a denúncia completa no vídeo:





© Todos os direitos reservados - 2021