Indígenas denunciam "covardia" de Geraldo Julio que os proibiu, após 25 anos, de vender seus produtos no Mercado de São José



Indígenas que há 25 anos se deslocam de Palmeira dos Índios, em Alagoas, para, durante o período pré-carnavalesco venderem seus produtos no Mercado de São José, tiveram uma ingrata surpresa ao serem proibidos pela gestão Geraldo Julio de realizarem suas vendas este ano, chegando a serem expulsos por fiscais da gestão.

Áureo Cisneiros esteve com lojistas do Mercado que testemunharam a importância da presença dos indígenas no fomento ao turismo na região 

Os indígenas, que são apoiados pelos comerciantes do próprio Mercado, denunciam o que classificam de "covardia" do Prefeito, que com sua atitude estaria fazendo com que alguns estejam passando fome junto com familiares. Lembram que seus produtos, além de atraírem turistas para o mercado, são manifestações cultuŕais nativas.

Uma das indígenas chega a desabafar: "Nossos produtos não são droga não!"

Vejam a denúncia completa no vídeo:





MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos