Nadando em dinheiro: quase 1 bi de verbas extras para convênios em Pernambuco e Amazonas empenhados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. "Se liga, PF"!




Do Antagonista
Por Cézar Feitoza e Diego Amorim

Amazonas e Pernambuco foram os estados mais beneficiados pelo direcionamento de verbas extras do Ministério do Desenvolvimento Regional pelo ‘grupo VIP’ de Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia, revelado por O Antagonista.

Dos R$ 3,8 bilhões empenhados pela pasta, entre 11 e 31 de dezembro, cerca de R$ 576 milhões foram para o Amazonas, cuja bancada é coordenada pelo senador Omar Aziz (PSD). Pernambuco recebeu R$ 364 milhões. A bancada pernambucana tem como coordenador Fernando Bezerra (MDB), líder do governo no Senado.

Não por coincidência, o município de Petrolina, que tem como prefeito Miguel Coelho, filho de Bezerra, recebeu a maior fatia: R$ 69,3 milhões. Miguelzinho tenta a reeleição em outubro e usará os recursos direcionados pelo pai para pavimentar ruas da cidade.

Bezerra Coelho também garantiu R$ 42,2 milhões para Jaboatão dos Guararapes, cujo prefeito é o ex-deputado federal Anderson Ferreira, amigo do senador e que também busca mais um mandato local. Pela descrição dos convênios, o dinheiro será usado para asfaltar vias, conter encostas e construir “pátios de feiras”.

Como O Antagonista revelou, a negociação desses convênios com o MDR foi feita diretamente com alguns poucos parlamentares ligados a Alcolumbre e Maia. O tucano Plínio Valério não integra o ‘clube vip’.

No caso do Amazonas, segundo ele, a negociação foi diretamente com Eduardo Braga. “Eu sou senador da República e não estava sabendo disso, fica guardado a sete chaves. É feito com quem já está no sistema há muito tempo. Nós, novatos, somos pegos de surpresa.”

Veja o ranking dos valores por estado:


MAIS VISITADAS DO MÊS

Aliado de Arthur Lira, do Centrão, Marinaldo Rosendo é alvo de Operação da PF por desvios de recursos do SUS durante sua primeira gestão na Prefeitura de Timbaúba

Após dia de polêmica, Marília Arraes solta nota rebatendo acusações de traição, golpismo e aliança com a direita que lhe foram imputadas por colegas do PT

Lideranças e ex-presidentes defendem reeleição do Bruno Baptista à presidência da OAB/PE

Diretoria Antimáfia Italiana e Polícia Federal em Pernambuco prendem Italiano apontado como líder de rede de traficantes internacionais de drogas. O estrangeiro morava em Aldeia, na cidade pernambucana de Camaragibe

Priscila Krause afirma que João Campos manteve equipe administrativa da Secretaria de Saúde, alvo de sete operações da PF: “de fato ele confia na equipe”