Roberto Viana e o Game of Thrones de Pernambuco

Pivô dos precatórios e ex-sócio de Eike Batista, empresário pernambucano e tio da primeira-dama de Pernambuco estaria por trás da série "Toncamíssil"
EXCLUSIVO

O blog apurou que por trás da série de matérias produzidas por um Blog local com o título de "Toncamíssil", produzido para aproveitar a repercussão nacional do depoimento do advogado e presidente da Fundaj, Antônio Campos, ao MPF, no qual denunciou uma série de crimes atribuídos a caciques do PSB pernambucano, estaria um outro elemento familiar conhecido por atuar nas sombras do poder, desde o rumoroso caso dos Precatórios.

Trata-se do ex-sócio de Eike Batista, o empresário Roberto Viana, ninguém menos do que o tio por afinidade da primeira dama Ana Luisa e uma espécie de padrinho político do governador Paulo Câmara.

Relembre o envolvimento de Roberto Viana com o caso dos Precatórios em Empresário de Arraes está na mira da CPI.

Relembre a sociedade de Roberto Viana com Eike Batista em O misterioso Roberto Viana

Poucas pessoas sabem, mas Roberto Viana, que foi casado até bem pouco tempo com uma tia da primeira dama, prima do ex-governador, já falecido, Eduardo Campos, foi decisivo na escolha do até então desconhecido secretário da Fazenda de Pernambuco, Paulo Câmara, para  a sucessão de Eduardo. 

Foi de Roberto Viana, também, a ideia de fazer com que os irmãos Rands comprassem o Diário de Pernambuco, o que contaria com o apoio estratégico do governo do Estado, iniciativa que se mostrou um fracasso retumbante, como todos sabem.

Por se considerar o criador de Paulo Câmara, Roberto Viana sempre se achou com o direito de exercer, dos bastidores, seu habitat natural, desde os Precatórios, forte influência nas decisões do governo do afilhado.

Ocorre que apesar da oposição, que jamais conseguiu derrotar Paulo Câmara em qualquer eleição, ter lhe atribuído a pecha de "marionete" da viúva de Eduardo Campos, o fato é que, pelo visto, ainda vigora a máxima "ninguém governa governador", cunhada por Agamenon Magalhães e Roberto Viana não conseguiu influir na intensidade pretendida, nas decisões do "afilhado" e hoje, revelam nossas fontes, seria "um pote até aqui de mágoas" com o marido da sobrinha.

As relações de Viana com o blogueiro que trouxe a público a série Toncamissil remontam da época em que ambos serviram ao governo Joaquim Francisco e esse fato não passou desapercebido ao Palácio, que já sabe de onde partiram os "mísseis" que, conforme apuramos, diferem do conteúdo denunciado ao MPF, por Antonio Campos, e que seguem sob sigilo. A série, que se pretende como uma espécie de Game of Thrones pernambucano, mais se assemelharia, segundo nossas fontes, a um requentamento de várias matérias publicadas pelos mais diversos veículos de comunicação, inclusive por este Blog. Em tom de galhofa, o que certo Blog chamou de Toncamíssil já estaria sendo chamado nas hostes palacianas de "Bobtraques". 

A desconfiança sobre a verdadeira origem dos "Bobtraques" se acentuou pela omissão sobre qualquer referência ao caso dos Precatórios, sem o qual a história moderna da política pernambucana não pode ser contada.

Pelo visto, o Game of Thrones que tem pautado a política pernambucana tem muito mais interesses e personagens que se movem pelos porões do poder, do que a mídia tem estado disposta a revelar. E pelo visto também, das mais de 40 fontes que o autor da série Toncamíssil afirma ter ouvido, a que menos teve parte nas "oitivas" foi o próprio Tonca.

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos