Após vários alertas e cobranças do Blog da Noelia Brito, Governo de Pernambuco anuncia que vai ampliar em 180% aplicação de testes para coronavírus no Estado



Todos que acompanham nosso Blog são testemunhas de que fomos o único veículo de comunicação a cobrar do governo de Pernambuco a ampliação da testagem para coronavírus, medida recomendada pela Organização Mundial de Saúde para combate efetivo da pandemia, juntamente com o isolamento social.

Políticos da oposição, em vez de buscarem colaborar com o combate à pandemia, irresponsavelmente, preferiram espalhar fakenews, expondo ainda mais a população à contaminação, a cobrarem medidas protetivas e efetivas. O que é lamentável, pois essa não é a hora para polticagem.

Observamos que a baixa testagem em Pernambuco estava ocasionando evidente subnotificação de infectados no Estado, causando a falsa impressão à população de que no Estado a pandemia estaria controlada e dando espaço para irresponsáveis defenderem o retorno às ruas e às atividades normais, o que não se coaduna com o elevado números de mortes que até ontem chegavam a seis óbitos, somente em Pernambuco. Um índice de letalidade altíssimo justamente em razão das subnotificações de infectados no Eatado.

A baixa testagem observada em Pernambuco, com apenas 100 testes diários, destoava, por exemplo, dos números do Estado do Ceará, que testava três vezes esse número e que a partir de segunda-feira passou a realizar 600 testagens por dia.

Hoje, em coletiva transmitida pelo Instagram e em nota à imprensa, o governo de Pernambuco finalmente anunciou  que por meio de uma parceria com o Instituto Aggeu Magalhães ampliará em até 180% a capacidade de testagem do Novo Coronavírus no Estado.com isso, a Secretaria Estadual de Saúde conseguirá fazer cerca de 2.170 exames por semana, a depender do envio dos kits pelo Ministério da Saúde, o que possibilita testar os profissionais de saúde, da rede pública e privada, que estão trabalhando diretamente com os pacientes suspeitos e confirmados da Covid-19, além das forças de segurança. 

Os testes serão os mesmos já realizados atualmente pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), por meio da técnica RT-PCR, indicada para pacientes no início dos sintomas (até 7 dias), e que analisa a presença do vírus ou parte dele na amostra coletada. 

Segundo o governo de Pernambuco, os kits de testagem, nesta parceria, serão os encaminhados pelo Ministério da Saúde, que anunciou a ampliação do envio dos kits. A empresa Genõmika, especializada em testes genéticos e imunológicos, também passou a compor os esforços do Estado para ampliar os exames pela técnica RT-PCR. O laboratório privado processará 300 exames por dia. 

As novidades foram anunciadas nesta terça-feira (31 ), pela Secretária Executiva de Vigilância em Saade, Luciana Albuquerque, e a vice-diretora de pesquisa da Fiocruz-PE, Constância Ayres. Confira o anúncio no vídeo! 





MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos