Atestado de óbito no Recife é usado em fake news propagada por robôs bolsonaristas



Matéria publicada no Diário de Pernambuco revela que nas redes sociais circula a informação de que um borracheiro, primo de um porteiro, morreu em um acidente de trabalho e seu atestado de óbito tinha como causa o novo coronavírus (Covid-19). A informação, que é falsa, destaca o Diário, está sendo replicada em larga escala pelos usuários brasileiros e relacionada a um morador de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, que faleceu no dia 23 de março, que segundo a SES, foi vítima de pnemoni, causada pelo vírus da Influenza. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde e com o Hospital Maria Lucinda, em Parnamirim, Zona Norte do Recife, onde o homem estava internado, o resultado deu negativo para Covid-19. 

Em posts no Twitter, muitos "robôs" replicam a mesma postagem em que se declaram ser próximas ao homem que faleceu, e narram o caso com a seguinte frase: "Gente! O primo do porteiro aqui do prédio morreu porque foi trocar o pneu do caminhão e o pneu estourou no rosto dele. Receberam o atestado de óbito como se fosse o covid-19. Eles estão indignados".  

O caso também é comentado em áudio de uma pessoa não identificada e que circula no WhatsApp: "Esse amigo meu faleceu segunda-feira, ele era borracheiro. E o pneu de caminhão estourou, com ele fazendo o serviço. E ele foi socorrido para o hospital. Agora o que nos intriga, veja aí o atestado de óbito, a conspiração triste para derrubar o governo Bolsonaro, ou seja, a maioria das pessoas que estão morrendo no estado estão colocando no laudo que é coronavírus. E eu tava lá, eu vi, o acidente foi um pneu que estourou no cara".

Imagens diferentes da Certidão de óbito também circularam nas redes sociais, uma delas é a certidão de óbito do homem de 57 anos e morador de Jaboatão dos Guararapes que faleceu no dia 23 de março após apresentar um quadro de pneumonia. A síndrome respiratória aguda pode ser provocados por diversos vírus como as influenzas A H1N1, A H3N2 ou B, Covid-19, entre outras. 

O coronavírus era uma das possíveis causas da morte que somente foi descartada após o exame laboratorial. Em comunicado divulgado no dia 25 de março, o Hospital Maria Lucinda, no bairro do Parnamirim, na Zona Oeste do Recife, informou que o homem deu entrada no hospital no dia 21 deste mês, e o resultado do exame coletado na instituição deu positivo para Influenza A, ressalta o Diário.

A notificação também foi descartada pela Secretaria Estadual de Saúde, que até o momento confirmou 5 mortes pela Covid-19 no estado, sendo 4 homens e uma mulher, entre eles um é estrangeiro e 4 são residentes do município de Recife, portanto nenhum óbito de morador de Jaboatão dos Guararapes foi registrado. 

A SES-PE divulgou, ainda, uma nota reforçando o compromisso com a população nesses tempos de crise na saúde mundial. "Neste momento é importante também o combate às fake news relativas ao monitoramento de casos da Covid-19", pede o comunicado. 

Vejam as postagens dos robôs bolsonaristas:

 (Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: Reprodução/Twitter

 (Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: Reprodução/Twitter
 (Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: Reprodução/Twitter
 

MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Com Covid19, Sikêra Jr. chora ao vivo e alerta: "não façam como eu fiz. Não subestimem a doença"

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje

Com salário líquido de R$ 7,9 mil, Secretário de Geraldo Júlio, preso pela PF por desvios no DER, confessa prática de agiotagem e posse de R$ 1,4 milhão em dinheiro. Prefeitura silencia