Ativista sócio-ambiental e cultural Jacques Ribemboim anuncia sua pré-candidatura pelo Partido Verde à Prefeitura do Recife



O Partido Verde, no Recife, também se coloca na disputa pela Prefeitura da Capital pernambucana, com a pré-candidatura de Jacques Ribemboim.

Nascido no Recife, em 1960, Jacques Ribemboim é engenheiro mecânico, engenheiro de petróleo e economista, com mestrado e doutorado em economia ambiental. Já trabalhou na Petrobrás e em diversos colégios do Recife, como professor de matemática e física. Atualmente, é professor de economia da UFRPE. Preside a ONG Civitate – voltada à recuperação ambiental do centro do Recife.

Veja o curriculum completo do postulante do PV à Prefeitura do Recife:


SOBRE JACQUES RIBEMBOIM - Economista, engenheiro mecânico, engenheiro de petróleo, professor, consultor e escritor, Jacques Ribemboim é Mestre em Economia Ambiental pela University of London e Doutor em Economia pela UFPE, Professor Titular da UFRPE e professor convidado do Brooklyn College (New York) e no Institut d’Etudes Politiques de Grenoble (FRA). Nas eleições municipais de 2016, candidatou-se a vice-prefeito do Recife, pelo Partido Verde, em chapa majoritária que obteve 0,62% dos votos válidos.

      Jacques é sócio efetivo do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano; membro da União Brasileira de Escritores e sócio correspondente da Academia Carioca de Letras. É também diretor da Synagoga Israelita do Recife e coordenador do Movimento em Defesa do Livro e do Autor Pernambucanos.
     Possui experiência em gestão de empresas, havendo trabalhado na Petrobras como engenheiro de petróleo entre os anos de 1983 e 2000, na chefia de campos de produção no Rio Grande do Norte. Ainda na Petrobras, ocupando os cargos de Chefe do Setor de Inspeção de Equipamentos, Gerente de Manutenção e Operações e Chefe do Setor de Operações do Terminal Marítimo do Norte e Nordeste, em Suape, PE. Dentre suas áreas de especializações em engenharia de petróleo e gás, estão: fluxo multifásico em meio poroso, métodos de elevação artificial e avaliação do nível dinâmico de poços.
     Como professor, iniciou com aulas particulares a partir de 1979. Depois, passou a lecionar física, química e matemática em escolas do Recife, como o União Colégio e Curso, o Colégio Contato, o CEPREVE (Centro de Pré-vestibulares) e o Colégio Esuda. A partir de 1998, passou a se dedicar ao ensino superior e na pós-graduação, lecionando alguns anos na Faculdade de Marketing do Recife, na Universidade Federal de Pernambuco, na Universidade Federal Rural de Pernambuco e na Universidade de Pernambuco (FCAP e Poli), havendo ministrado as disciplinas de Econometria, Teoria Econômica, Matemática Financeira, Comércio Internacional, Economia Pesqueira, Economia Rural, Economia Ambiental, Formação Econômica do Nordeste e História do Pensamento Econômico.
      Sua produção literária e científica reúne dezenove livros e algumas centenas de ensaios, crônicas, contos, entrevistas e artigos em revistas técnicas ou jornais de grande circulação, abordando as áreas de economia, meio ambiente, judaísmo, política, cultura regional e história de Pernambuco.Nascido no Recife, Jacques já residiu em Londres, Nova York, Telavive, Grenoble, Salvador, Natal e Brasília. Na capital federal, exerceu a função de Assessor Especial do Ministro do Meio Ambiente e integrou a Comissão Nacional de População e Desenvolvimento da Presidência da República.
      De volta ao Recife, dedicou-se ao ativismo socioambiental e cultural, fundando a Civitate, em 2002, uma ONG que tem como objetivo a melhoria da qualidade ambiental urbana, com foco na revitalização do centro da cidade.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos