Deputados pernambucanos estarrecidos com fala debochada de Bolsonaro mandando a população retomar atividades, em plena pandemia de coronavírus



O ainda presidente Jair Bolsonaro voltou a falar em cadeia nacional sobre a pandemia de coronavírus que já matou e continua matando milhares de pessoas em todo o mundo.

Mas, surpreendentemente, apesar das recomendações da OMS, do próprio Ministério da Saúde e das mais abalisadas autoridades em infectologia do planeta recomendarem o isolamento como medida de contenção da contaminação, o presidente voltou a ironizar a gravidade da doença, chamando-a de gripezinha e de resfriadinho e conclamando a população a voltar a suas atividades normais já que, segundo ele, só pessoas com mais de 60 anos estariam sujeitas ao vírus e ainda assim se não fossem atléticas como ele próprio.

A fala absurda de Bolsonaro causou imediata reação de várias personalisdades da política nacional, a exemplo do presidente do Senado que afirmou em nota que o país precisava de um líder sério.

Em Pernambuco, o deputado Sílvio Costa Filho se disse "estarrecido" com a fala de Bolsonaro: "Fiquei estarrecido com o pronunciamento do presidente Bolsonaro. Ele autoriza a volta da população às ruas, ao comércio, escolas, sem nenhum argumento técnico. A fala vai na contramão de todos os líderes mundiais, OMS, Ministério da Saúde, governadores e prefeitos de todo Brasil."


Já o deputado Doriel Barros chamou Bolsonaro de "irresponsável": "Bolsonaro, em rede nacional, desde que o coronavírus chegou ao país: "Gripezinha". "Resfriadinho". "Por que fechar escolas?" "Temos que voltar à normalidade". Em que planeta esse ser, que não tem nada de humano, vive? Isso supera qualquer nível de irresponsabilidade."




Durante a fala de Bolsonaro foram registrados "panelaços" em diversar cidades do País.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ

Direita já se organiza para derrubar Bolsonaro, o louco. Frota protocola impeachment e Janaina decreta: "esse senhor tem que sair"