Deputados pernambucanos estarrecidos com fala debochada de Bolsonaro mandando a população retomar atividades, em plena pandemia de coronavírus

24 de mar. de 2020

/ by Blog da Noelia Brito


O ainda presidente Jair Bolsonaro voltou a falar em cadeia nacional sobre a pandemia de coronavírus que já matou e continua matando milhares de pessoas em todo o mundo.

Mas, surpreendentemente, apesar das recomendações da OMS, do próprio Ministério da Saúde e das mais abalisadas autoridades em infectologia do planeta recomendarem o isolamento como medida de contenção da contaminação, o presidente voltou a ironizar a gravidade da doença, chamando-a de gripezinha e de resfriadinho e conclamando a população a voltar a suas atividades normais já que, segundo ele, só pessoas com mais de 60 anos estariam sujeitas ao vírus e ainda assim se não fossem atléticas como ele próprio.

A fala absurda de Bolsonaro causou imediata reação de várias personalisdades da política nacional, a exemplo do presidente do Senado que afirmou em nota que o país precisava de um líder sério.

Em Pernambuco, o deputado Sílvio Costa Filho se disse "estarrecido" com a fala de Bolsonaro: "Fiquei estarrecido com o pronunciamento do presidente Bolsonaro. Ele autoriza a volta da população às ruas, ao comércio, escolas, sem nenhum argumento técnico. A fala vai na contramão de todos os líderes mundiais, OMS, Ministério da Saúde, governadores e prefeitos de todo Brasil."


Já o deputado Doriel Barros chamou Bolsonaro de "irresponsável": "Bolsonaro, em rede nacional, desde que o coronavírus chegou ao país: "Gripezinha". "Resfriadinho". "Por que fechar escolas?" "Temos que voltar à normalidade". Em que planeta esse ser, que não tem nada de humano, vive? Isso supera qualquer nível de irresponsabilidade."




Durante a fala de Bolsonaro foram registrados "panelaços" em diversar cidades do País.
© Todos os direitos reservados - 2021