Dez pontos do depoimento de Antônio Campos ao MPF, envolvendo o PSB de Pernambuco, já são objeto de inquéritos ou ações judiciais. Novas informações foram prestadas hoje pelo presidente da Fundaj



O advogado e presidente da Fundaj, Antônio Campos, prestou esclarecimentos suplementares ao depoimento antes prestado ao Ministério Público Federal, na qualidade de testemunha em procedimento investigativo sigiloso iniciado em 2018. 

As informações complementares foram solicitadas pelo próprio MPF. Ao finalizar seu depoimento inicial, Antônio Campos entregou uma extensa petição com 19 itens, dos quais 8 foram objeto da complementação encaminhada hoje ao MPF.

Dos 19 itens, 10 já são objeto de investigações ou ações judiciais em curso, ao passo que um dos itens foi anexado ao procedimento para o qual o depoimento foi inicialmente tomado. 

Quem teve acesso a parte escrita ou documental do depoimento tem convicção de que o "toncamíssel" é quase nada diante do declarado por Antônio Campos ao MPF.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ

Direita já se organiza para derrubar Bolsonaro, o louco. Frota protocola impeachment e Janaina decreta: "esse senhor tem que sair"