Em editorial, Jornal da Band chama Eduardo Bolsonaro de irresponsável e imaturo e Ernesto Araújo de idiota e inepto


Em editorial onde critica a crise diplomática criada pelo filho do presidente, o deputado  Eduardo Bolsonaro, que chegou a ser cotado pelo pai para ser Embaixador do Brasil em Whasington e pelo minostro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, o jornal da Bandeirantes deu o tom da repugnância generalizada da imprensa e de boa parte da sociedade civil, pelo menos a parte que pensa, contra Bolsonaro, para quem a pandemia de Coronavírus não passa de uma gripezinha e contra seu entorno de ignóbeis.

O editorial da Band chama Eduardo de deputado irresponsável e imaturo, ao fazer acusações destrambelhadas contra a China, a quem culpa pelo Coronavírus, esquecendo-se que o gigante asiático é atualmente o maior parceito comercial do Brasil.

Para puxar o saco do filho do chefe, Ernesto Araújo, chamado pela Band de idiota e inepto, exigiu que a China pedisse desculpas por ter sido ofendida por Eduardo. No mínimo insólito.

O Valor econômico revelou mais cedo que Bolsonaro, o pai, tentou falar com o presidente  chinês, mas este se recusa a atendê-lo enquanto Eduardo não pedir desculpas.

Assista:



MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ

Direita já se organiza para derrubar Bolsonaro, o louco. Frota protocola impeachment e Janaina decreta: "esse senhor tem que sair"