Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ



O empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da Bahia chegando a contaminar três pessoas se chama Cláudio Henrique do Vale Vieira e é presidente do Grupo CVPAR. Claudio Dantas é filho da desembargadora do TJ/CE, Iracema do Vale, ex-conselheira do CNJ.

Segundo o Metrópoles, ao ser localizado pelos agentes de saúde do governo da Bahia, em Troncoso, o presidente do Grupo CVPAR, estava de sunga, na praia e bebendo com amigos. O empresário estando ciente de que havia testado positivo para o novo coronavírus em São Paulo e fugiu para a Bahia, onde propagou a doença.



Cláudio Vieira será a primeira pessoa responsabilizada por descumprir quarentena durante a pandemia do coronavírus: Claudio Henrique do Vale Vieira foi parar em Trancoso, na Bahia, supostamente após saber que havia testado positivo para o covid-19, em São Paulo.

Pela atitude, classificada de “irresponsável” e “negligente”, o governador da Bahia, Rui Costa, pediu que à PGE abertura de processo, informa G1. 

Vale lembrar, os ministros da Justiça, Sergio Moro, e da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, editaram portaria nesta terça-feira, 17, autorizando o uso da força policial para forçar indivíduos suspeitos de contaminação a ficar em isolamento ou quarentena e estabelecendo crimes no caso de descumprimento das medidas. 

A portaria conjunta dos ministérios estabelece que o descumprimento do isolamento e da quarentena pode ensejar a responsabilização civil, penal ou administrativa da pessoa suspeita de contaminação.

Explicação

Em carta à população de Porto Seguro e Trancoso, Claudio e a esposa afirmam que receberam os diagnósticos enquanto já estavam em Itapororoca. Apesar disso, em postagem no Instagram, que circula pela rede, parentes do empresário demonstram que a família já sabia da quarentena.

Com informações do Migalhas e do Metrópoles 

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos