"Gripezinha": Sobe para 3 o número de mortos confirmados pela Secretaria de Saúde de Pernambuco por causa do coronavírus



A Secretaria de Saúde de Pernambuco acaba de confirmar que subiu para três o número de pessoas mortas com Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus, em Pernambuco. 

Além de um homem de 85 anos que faleceu ontem, 25, no Hospital Oswaldo Cruz, outras duas pessoas que foram diagnosticadas com a doença foram confirmadasm tratam-se de um morador do Recife, de 69 anos, e um canadense de 79 anos. Os dois faleceram na madrugada desta quinta (26).

O estrangeiro chegou a Pernambuco no dia 12 de março, no navio Silver Shadow. Ele foi socorrido com sintomas da doença e levado a um hospital particular do Recife, onde houve confirmação de que ele foi infectado pelo novo coronavírus. 

Já o morador do Recife, segundo a SES, era hipertenso e tinha histórico de viagem para Portugal e Itália. Ele voltou a Pernambuco no dia 10 de março e, no dia 12 do mesmo mês, ele foi atendido em uma unidade privada de saúde apresentando febre e “alteração na ausculta pulmonar”, de acordo com a secretaria. Depois de coleta de material, ele foi liberado para isolamento domiciliar. No dia 19 de março, apresentou insuficiência respiratória e foi internado na UTI de um hospital particular. Ele teve uma piora da função renal e morreu na madrugada desta quinta-feira.

O presidente Jair Bolsonaro tem minimizado a gravidade da pandemia de coronavírus, que chama de gripezinha e defende que apesar do aumento diário de contaminações e óbitos, a população voltar às suas atividades normais.

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos