Justiça vê "omissão patente" e concede liminar ao Estado do Ceará contra Anvisa que terá que fazer barreira sanitária nos aeroportos cearenses


A Justiça Federal no Ceará concedeu, hoje, liminar ao Governo do Ceará autorizando que aquele Estado realize barreira sanitária e "a necessária prevenção pela triagem e monitoramento de casos suspeitos nos aeroportos do Estado do Ceará".

No pedido, o governo do Ceará alegou que a Anvisa não estaria realizando o serviço.

Com a liminar do juiz Ricardo Ribeiro Campos, titular da 34. Vara Federa, concedida durante o Plantão, a Anvisa terá que fazer o trabalho sob pena de multa de R$ 500 mil no caso de descumprimento.

"A postura adotada pela ANVISA parece não atender a um efetivo exercício de vigilância sanitária e epidemiológica quanto ao fluxo de passageiros que desembarcam em aeroportos, maxime considerando estágio atual de pandemia. A omissão é patente", afirma o magistrado na decisão.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Microempresas com capital social de R$ 200 mil e R$ 300 mil, alvos da Operação da Deccot, que cumpriu mandados também na Prefeitura do Recife, foram agraciadas com contratos de mais de R$ 18,6 milhões com a Prefeitura do Recife, na pandemia

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia