Justiça vê "omissão patente" e concede liminar ao Estado do Ceará contra Anvisa que terá que fazer barreira sanitária nos aeroportos cearenses


A Justiça Federal no Ceará concedeu, hoje, liminar ao Governo do Ceará autorizando que aquele Estado realize barreira sanitária e "a necessária prevenção pela triagem e monitoramento de casos suspeitos nos aeroportos do Estado do Ceará".

No pedido, o governo do Ceará alegou que a Anvisa não estaria realizando o serviço.

Com a liminar do juiz Ricardo Ribeiro Campos, titular da 34. Vara Federa, concedida durante o Plantão, a Anvisa terá que fazer o trabalho sob pena de multa de R$ 500 mil no caso de descumprimento.

"A postura adotada pela ANVISA parece não atender a um efetivo exercício de vigilância sanitária e epidemiológica quanto ao fluxo de passageiros que desembarcam em aeroportos, maxime considerando estágio atual de pandemia. A omissão é patente", afirma o magistrado na decisão.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ

Direita já se organiza para derrubar Bolsonaro, o louco. Frota protocola impeachment e Janaina decreta: "esse senhor tem que sair"